Logo da República do Brasil - Justiça Federal da 5ª Região
Link do Tribunal Regional Federal da 5ª Região
Imagem do Portal da Justiça Federal

Subseções Judiciárias de Recife e de Jaboatão dos Guararapes passam a contar com uma Central de Mandados

17/10/2019 às 20:25:00

Foi inaugurada, na tarde desta quinta-feira (17/10), a Central de Mandados das Subseções Judiciárias de Recife e de Jaboatão dos Guararapes (Ceman), instalada no primeiro andar do Anexo II da sede da Justiça Federal em Pernambuco, na Av. Recife, 6250, no bairro do Jiquiá, na cidade do Recife/PE. Os oficias de justiça avaliadores, que atuavam nas 21 varas federais das duas subseções da JFPE, ficarão lotados na Ceman, sob a coordenação da juíza federal titular da 36ª Vara Federal, Carolina Malta. O diretor da referida vara, Rodrigo Matos Brito Santos, ficou responsável pela coordenação das equipes de oficiais e de apoio, ambos designados pelo diretor do Foro da Seção Judiciária de Pernambuco, juiz federal Frederico Azevedo.

A Central de Mandados tem como objetivo dar cumprimento a todos os mandados judiciais e pedidos de cooperação, veiculados ou não mediante cartas (de ordem, precatórias ou rogatórias), na sua área geográfica de atuação. Os 68 oficias de justiça que agora integram a Ceman estão divididos em 18 grupos e irão cumprir os mandados nos territórios da jurisdição das Subseções Judiciárias de Recife e de Jaboatão dos Guararapes, divididos em zonas geográficas. Para o diretor do Foro, juiz federal Frederico Azevedo, a Ceman irá racionalizar as atividades dos oficiais de justiça avaliadores e dar celeridade ao andamento dos processos.

“A Central de Mandados irá melhorar as condições de trabalho dos oficiais de justiça e otimizar o cumprimento das ordens judiciais. Assumo o compromisso de buscar melhorias e me coloco à disposição para que a Ceman funcione da melhor forma possível”, enfatizou a juíza federal Carolina Malta. Para o oficial de justiça Lucilo Arruda, a expectativa é de que a Central de Mandados atenda às expectativas dos jurisdicionados e dos oficiais. “Nossa rotina de trabalho será otimizada, com uma melhor divisão dos plantões e deslocamentos”, comemorou.

Segundo Rodrigo Santos, os oficiais de justiça avaliadores já estão trabalhando na Ceman desde a última terça-feira (15/10). Diariamente, três oficiais ficam de plantão na Ceman, no horário das 9h às 17h; e um no horário do plantão judiciário, das 17 às 9h do dia seguinte. Nos dias em que houver expediente forense, no período compreendido entre 17h às 9h do dia seguinte, e nos demais dias em que não houver expediente, ou seja, sábados, domingos e feriados, três oficiais de justiça avaliadores permanecerão de sobreaviso, no aguardo das determinações advindas do juiz federal plantonista.


Autor: Assessoria de Comunicação da JFPE

Pin It

 Imprimir 







Top