Centro de Inteligência discute procedimentos para demandas relativas ao Auxílio Emergencial

02/06/2020 às 17:10:00

Na tarde de ontem (1º), o Centro de Inteligência da JFPE se reuniu, em caráter extraordinário, para debater meios para a solução racional, simples e célere das demandas relativas ao Auxílio Emergencial, tema com grande potencial de gerar demandas repetitivas.


A iniciativa se insere na atribuição preventiva de litigiosidade do Centro de Inteligência e decorre da necessidade de desenhar um modelo de tramitação processual simplificado que possa responder, satisfatoriamente e em tempo razoável, ao potencialmente elevado volume de demandas dos jurisdicionados sobre o tema, além de possibilitar que haja racionalidade na alocação dos serviços e esforços da JFPE para uma célere entrega da prestação jurisdicional.


O Centro de Inteligência de Pernambuco tem por objetivo se antecipar às situações que possam pôr em risco a eficácia e celeridade da atuação da Justiça Federal de 1º grau em Pernambuco e propor soluções que possam resultar na melhor prestação de serviço público judicial possível.  "As demandas estão começando a chegar agora e o número de processos ainda é pequeno. Mas como a questão afeta milhões de pessoas, a tendência é que o impacto seja grande. Por isso o Centro de Inteligência está se antecipando nos debates, incluindo a DPU e AGU, para estabelecer as ações que serão adotadas", explicou o juiz federal, coordenador do Centro de Inteligência, Fernando Ximenes.


Autor: Assessoria de Comunicação JFPE