Logo da República do Brasil - Justiça Federal da 5ª Região
Link do Tribunal Regional Federal da 5ª Região
Imagem do Portal da Justiça Federal
i

Destaque

 

A Direção do Foro da Justiça Federal em Pernambuco (JFPE) esclarece que, ao contrário do que foi divulgado pela Imprensa, na tarde desta segunda-feira, dia 7 de outubro, não foi encontrada suposta bomba em uma caixa no prédio do Fórum Desembargador Neves Filho, que abriga as instalações dos Juizados Especiais Federais, na Avenida Dantas Barreto, mas uma bolsa com um pó ( ainda não identificado) que causou alergia em alguns servidores. A Polícia Federal e o Corpo de Bombeiros foram acionados, e seguindo o protocolo de emergência sugeriram, por precaução, o esvaziamento do prédio. As referidas instituições, por meio de seus agentes, encontram-se no local, verificando o ocorrido.

A Justiça Federal em Pernambuco (JFPE) torna público três editais para doação de veículos. São eles:  placa KKJ 8701, ano de fabricação 2001, marca Volkswagen, modelo Saveiro 1.8; placa KKT 1342, ano de fabricação 2006, marca Volkswagen, modelo Parati 1.6; e placa KJA 4601, ano 2008, marca Volkswagen, modelo Spacefox 1.6. Todos foram classificados como inservíveis para os trabalhos de acordo com a Instrução Normativa 04 de 18 de abril de 2010 do Conselho da Justiça Federal.

A sessão de doação do veículo Parati acontecerá no dia 27 de setembro de 2019 (sexta-feira). Já a sessão para doação do modelo Saveiro será no dia 04 de outubro de 2019 (sexta-feira).  Por fim, a doação do Spacefox será realizada em sessão no dia 18 de outubro de 2019 (sexta-feira). Todas acontecerão às 14 horas, no prédio anexo do edifício-sede da JFPE, localizado na Avenida Recife 6.250, Jiquiá.

Poderão pleitear as doações órgãos integrantes da Administração Pública Federal, Estadual e Municipal, bem como as entidades filantrópicas e OSCIPs. Na ocasião, a destinação dos bens será priorizada respectivamente em favor da Administração Pública Federal Direta e suas autarquias e fundações, seguidos da Administração Pública Estadual ou Municipal; Entidades filantrópicas sem fins lucrativos e, por fim, Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIPs).

Os interessados em participar do processo da doação deverão formalizar seu pedido, via ofício, a ser encaminhado à JFPE, e entregue na Seção de Patrimônio no prédio anexo térreo, constando das informações solicitadas nos editais disponíveis abaixo:

Edital - placa KKJ 8701

Edital – placa KKT 1342

Edital – placa KJA 4601

A subseção de Arcoverde aprovou, em 1º de agosto, propostas de projetos sociais que receberão recursos provenientes de prestações pecuniárias relativos a processos que tramitam ou tramitaram na 28ª Vara Federal.
Os recursos, que derivam de penas em substituição à prisão e como condição para transação penal e suspensão condicional do processo, totalizam aproximadamente R$ 22 mil, e serão empregados na compra de materiais e bens de necessidade das entidades, como cadeiras, mesas, cadeiras escolares, máquinas de costura, máquina de lavar, impressoras, notebook e TV.

Todas as entidades são de utilidade pública e social e possuem sede em Arcoverde, prestando serviços para população em geral em suas respectivas áreas de atuação, a exemplo de atendimento de crianças e adolescentes carentes e assistência de idosos. São elas: Associação da Pessoa com Deficiência de Pernambuco, Núcleo Espírita Assistencial de Arcoverde, Associação Nossa Senhora do Livramento, Associação Vida - Desafio Jovem de Arcoverde, Fundação Terra, CEDEC e Associação Christós.

A 28ª Vara Federal é conduzida pelo Juiz Federal Allan Endry Veras Ferreira, que assumiu a Subseção de Arcoverde em dezembro de 2013, e abrange os municípios de Alagoinha, Arcoverde, Buíque, Ibimirim, Inajá, Itaíba, Manari, Pedra, Pesqueira, Poção, Sertânia, Tupanatinga e Venturosa.

A Justiça Federal da 5ª Região passou a ter uma Política de Comunicação Social, instituída pelo presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região – TRF5, desembargador federal Vladimir Carvalho, por meio do Ato nº 317/2019. O documento regulamenta a comunicação institucional, no âmbito interno e externo do TRF5 e seções judiciárias vinculadas, garantindo o seu alinhamento aos princípios da Administração Pública, ao Regimento Interno do TRF5 e ao Planejamento Estratégico da Justiça Federal. O Ato foi publicado no Diário Oficial Eletrônico da Justiça Federal da 5ª Região do dia 12 de agosto. A Política de Comunicação visa a estabelecer valores, objetivos, diretrizes e normas, com a finalidade de orientar o desenvolvimento de ações, estratégias e produtos de comunicação para a Instituição, com foco na qualidade da informação divulgada e nos diversos públicos de interesse.

A Política de Comunicação da 5ª Região começou a ser formulada durante o IV Encontro de Assessores de Comunicação da 5ª Região, realizado na Esmafe-RN, em outubro de 2017, contando com a consultoria do jornalista e professor Wilson da Costa Bueno.  Tendo como base a Resolução nº 85/2009, do Conselho Nacional de Justiça, que dispõe sobre a comunicação no âmbito do Poder Judiciário, e na Lei de Acesso à Informação (Lei nº 12.527/ 2011), o documento contempla princípios, públicos estratégicos, memória, gestão da marca, canais oficiais, mídias sociais, relacionamento com a imprensa, prevenção e gerenciamento de crise, entre outros, cuja responsabilidade está a cargo da área de Comunicação Social.


Acesse aqui a Política de Comunicação da Justiça Federal da 5ª Região

A Subseção Judiciária de Serra Talhada doou para a 21ª Delegacia Seccional de Polícia Civil daquele município, computadores, impressoras e materiais de escritório. A doação dos bens é regulada pela Portaria N°0079/2017. Os equipamentos foram recebidos pelo delegado Cley Anderson de Queiros Rodrigues, entregues pelo diretor da Subseção de Serra Talhada, juiz federal Bernardo Monteiro Ferraz.

Ao agradecer a doação, o delegado ressaltou que os bens seriam de muita valia.  O juiz federal Bernardo Monteiro Ferraz  destacou a importância do estreitamento das relações entre os órgãos públicos, especialmente entre o Judiciário e os órgãos de segurança pública. “A doação realizada demonstra o compromisso da Justiça Federal com a melhoria  da qualidade na prestação dos serviços públicos, contribuindo para a melhoria do atendimento à população local”, enfatizou o magistrado.







Top